Landing_Page_livro_SPi_V8.jpg

Não ficava tranquila...

"precisava ver

se todo mundo

respirava..."

Landing_Page_livro_SPi_V10.jpg

durante a pandemia, nós

coletamos 100 histórias

exclusivas

de 5 grupos:

 

entre-gadores

Contribuindo para o isola- mento, viveram o perigo diário contra o vírus.

Eduardo

Motoboy, 19 anos

"A grana apertou e decidi fazer entrega. No primeiro dia sofri racismo, me chamaram de macaco [...]

Quase desisti de cara. A parte mais difícil são as pessoas. A gente rala muito e ganha pouco..."

pop de rua

"Fiquem em casa", eles falaram, mas... E quem 

não tem uma casa? 

Ricardo

Poeta, 53 anos

"Sou escritor, conhecido como o Poeta da Paulista. Deixei tudo pra trás em busca desse sonho [...]

Na pandemia as coisas deram uma dificultada. Ficou tudo mais pesado, mais triste..."

prof. de

saúde

Lutando diariamente contra o vírus, conheça a história dos heróis da vida real!

Rebecca 

Enfermeira, 35 anos

"Tive em Manaus, depois fui pra Tefé atuar com ribeirinhas [...]

Outro mundo, um hospital que não tinha camas, nem ar-condicionado, porque os indígenas não conseguem lidar com isso..."

cata-dores

Com as ruas vazias e sem material, tiveram de se reinventar para sobreviver...

Maura

Catadora, 46 anos

"Doeu muito quando minha filha perguntou se não tinha pão... Não tinha mais dinheiro [...]

Não sei nem porque essa doença veio maltratar tanto. Nem posso reclamar, porque ainda tô viva."

cemi-tério

Mais de 200 mil mortes e a dor do luto segue como um pesadelo interminável...

Adenilson

Sepultador, 48 anos

"Não tinha reparado quem era... Terminando, alguém falou: 'Vai devagar, que você tá enterrando a tia [...]

Fiquei paralisado, fui para um canto e comecei a chorar. É assustador, Chegamos a 90 todo dia..."

 

A PANDEMIA QUE NINGUÉM VÊ

Comprando este livro você ajuda a nossa causa pelas pessoas em situação de rua e ainda recebe este registro histórico!

Siga-nos nas redes sociais!

spi-logo-2020Ativo 4@2x.png