Como a gentileza impacta uma pessoa em situação de rua?

Oferecer o mínimo que temos pode significar muito para outros.


Profeta Gentileza. Reprodução: Revista Prosa, Verso e Arte.

O dia mundial da gentileza, comemorado em 13 de novembro, teve sua origem em 1996 no Japão. A iniciativa surgiu na conferência do Movimento das Pequenas Gentilezas realizada em Tóquio. Uma simbólica figura da gentileza foi José Datrino, mais conhecido como “profeta gentileza”. Por 20 anos, ele transitou pelas ruas do Rio de Janeiro pregando mensagens de amor, paz, aversão ao capitalismo e, claro, gentileza. Sua máxima mais conhecida é “gentileza gera gentileza”.


Quando somos gentis, geramos um impacto positivo na vida do próximo. Esse impacto pode ter grandes proporções quando tratamos de realidades extremamente cruéis, como a da rua. Assim como José Datrino, acreditamos que a gentileza é uma via de mão dupla.


morador de rua

Esse conceito conversa diretamente com o propósito da SP Invisível: ser gentil é o princípio do nosso trabalho. Ouvir, acolher, cuidar, compreender e ajudar são ações presentes em nosso dia a dia. Oferecer uma dose de sensibilidade, apreço e afeto rompe o padrão de constantes insultos, discriminações e hostilidade enfrentados pela população em situação de rua. Em troca, recebemos gratidão, alegria, identificação e sensação de dever cumprido.


E como a gentileza impacta uma pessoa em situação de rua?


Muitas vezes, demonstrações de respeito, carinho e atenção podem colocar um sorriso no rosto de quem é invisível aos olhos da sociedade. Além disso, podemos incentivar e mobilizar uma pessoa que se sente acolhida e compreendida. Proporcionar auxílio material também é um tipo de gentileza com a população em situação de rua. É uma tentativa de suprir necessidades, oferecer oportunidades e outra perspectiva de vida.


Ser gentil tem, de fato, um potencial transformador.


Junte-se a nós e espalhe a gentileza pelas ruas!


Siga a SP invisível no Instagram, Facebook e TikTok.


 

INSCREVA-SE NO NOSSO PORTAL E RECEBA MAIS NOTÍCIAS

Obrigado!