Promessa do surfe brasileiro estava em situação de rua

O ex-atleta Wellington Reis de 20 anos estava em situação de rua e foi morto por envolvimento com drogas.


Reprodução: Metrópoles

O atleta Wellington Reis, campeão em 2015 do circuito brasileiro de surfe sub-14, foi encontrado morto no último dia 22 de janeiro em Maceió. O envolvimento com as drogas fez com que o jovem deixasse o status de promessa do esporte e passasse a viver sob constante ameaça. Há alguns anos, Wellington havia abandonado as competições de surfe e a casa dos pais e passou a viver em situação de rua.


Antes da sua morte, o rapaz sofreu outros episódios de violência. Em 2017, Wellington foi alvo de um sequestro com sinais de tortura. Em 04 de setembro desse ano, ele havia sido internado em um hospital de Alagoas com ferimentos de bala e um dedo decepado. Infelizmente, o caminho das drogas provocou o precoce e trágico fim da vida do ex-surfista.


Existe um perfil exato para quem se encontra em situação de rua?


Por mais que fosse um jovem com futuro promissor, Wellington terminou em situação de rua. Todos estamos sujeitos a passar por momentos delicados ao longo da vida que podem trazer resultados devastadores. Por essa razão não cabe a nós julgar, mas acolher.


Cada indivíduo tem suas particularidades e sua história. Por esse motivo, nós da SP Invisível propomos um trabalho que promova escuta ativa, diálogo e que, dessa forma, humanize as relações.


Siga a SP invisível no Instagram, Facebook e TikTok.


Fontes: TNH1
Salvador Invisível
 

INSCREVA-SE NO NOSSO PORTAL E RECEBA MAIS NOTÍCIAS

Obrigado!