IMAGINE-SE DORMINDO NO CHÃO DE CONCRETO,

SOZINHO, SEM COMER NADA HÁ TRÊS DIAS

E AINDA POR CIMA TREMENDO DE FRIO

COMO VOCÊ SE SENTIRIA?

EXISTE SAÚDE MENTAL NAS RUAS?

Morar na rua não é uma escolha, é a falta dela. Existe a possibilidade de pensarmos em uma vida saudável para pessoas em situação de rua, que enfrentam diariamente os efeitos da exclusão social, da fome intermitente e do frio intensivo? Conheça a Sabrina, personagem da primeira sessão dessa exposição, e entenda a importância do acolhimento e cuidados alternativos.

Conheça a realidade da luta de muitos na rua

contra a depressão neste documentário

"Depois que meu bebê de 23 anos desapareceu, nunca mais fui a mesma. Tento afogar a mágoa no álcool, mas a dor de mãe é eterna. Pra mim a depressão não tem cura. Não importa o que eu faça, ela não vai embora.."

A pessoa que se encontra em situação de rua rompeu os laços com a sociedade, então esse atendimento envolve um longo processo de reinserção social...

Já refletiu sobre como as suas atitudes contribuem para esse rompimento? Apenas ouvir pode fazer a diferença.

Post_Foto_SPI_Jun_24_V2.jpg

"Trabalhei tanto nessa vida para conquistar absolutamente nada. Não tenho nem sequer um teto para chamar de lar!

 

Porquê a sociedade é tão gananciosa? Eu só queria um cantinho para deixar a minha mala, e dormir sem chorar..."

00:00 / 01:19

Francisco, em situação de rua, 80 anos

Largo do Paissandu - São Paulo, 2021

"Em 45 anos de vida, nunca encontrei a tal da felicidade. É muito fácil entrar em depressão ao se ver inútil, sabe?"

00:00 / 00:16
Post_Foto_SPI_Jun_22_V1-2.jpg

André, em situação de rua, 45 anos

Praça da República - São Paulo, 2021

"Vídeozão sobre drogadição sabia que a depressão tralala? Parte informativa de depressão pessoas dessem uma atenção... Pra que me suicidar se o crack já cabou com a minha vida? que me suicidar se o crack já cabou com a minha vida?"

Para entender a dinâmica da depressão pra população de rua, entrevistamos Márcia,  psicóloga da unidade CAPS Santana.

CAPS = Centro de Assistência Psicossocial, basicamente uma clínica médica pública. 

Márcia, em situação de rua, 68 anos

Praça da Sé - São Paulo, 2021

241695388_864886754158769_9137363580902853963_n.jpg

"Pra que me suicidar se o crack já cabou com a minha vida? Muita coisa aconteceu para hoje eu estar aqui, onde passo fome, frio e discriminação.

 

Só queria que outras pessoas dessem uma atenção. Não precisa ser nada demais, sabe? Um simples bom dia já me faria feliz..."

00:00 / 01:04

"Pra que me suicidar se o crack já cabou com a minha vida? Só queria que outras pessoas dessem uma atenção..."

00:00 / 01:04

Márcia, em situação de rua, 68 anos

Praça da Sé - São Paulo, 2021

Post_Foto_SPI_Jun_12_V2.jpg

"Vídeozão sobre suicídio sabia que a depressão tralala? Parte informativa de depressão pessoas dessem uma atenção... Pra que me suicidar se o crack já cabou com a minha vida? que me suicidar se o crack já cabou com a minha vida?"

Para entender a dinâmica da depressão pra população de rua, entrevistamos Márcia,  psicóloga da unidade CAPS Santana.

CAPS = Centro de Assistência Psicossocial, basicamente uma clínica médica pública. 

Post_Foto_SPI_Jun_22_V1-2.jpg

Esse papo de quem tem depressão é fraco é mentira! Em 45 anos de vida, nunca encontrei essa tal de felicidade que falam...

 

É muito fácil entrar em depressão quando a gente se sente inútil, sabe? Na rua se vive sozinho, sem incentivos ou oportunidades..."

00:00 / 01:04

André, em situação de rua, 45 anos

Praça da Sé - São Paulo, 2021

"Em 45 anos de vida, nunca encontrei a tal da felicidade. É muito fácil entrar em depressão ao se ver inútil, sabe?"

00:00 / 00:16
Post_Foto_SPI_Jun_32_V4.jpg

Rafael, em situação de rua, 28 anos

Praça da República - São Paulo, 2021

PROVOCAÇÕES REFLEXIVAS EM DUAS LINHAS DE TEXTO ABC

DESDOBRAMENTO DE TRÊS LINHAS NO MÁXIMO om a minha vida? Muita coisa aconteceu para hoje eu estar aqui, onde passo fome, frio e discriminação. Muita coisa aconteceu para hoje eu estar aqui, onde passo fome, frio e discriminação blablabla tralarlala vaefnas sfnaeinac blablabal blablablab.

Post_Foto_SPI_Jun_12_V2.jpg